Características Gerais

O Pátria Edifícios Corporativos FII é um fundo de investimento imobiliário gerido pelo Pátria Investimentos. O objetivo do fundo é a obtenção de renda e eventual ganho de capital através da aquisição de lajes corporativas em grandes cidades brasileiras. Desta forma, o PATC11 é uma opção interessante a investidores institucionais e investidores pessoas físicas que buscam distribuições de rendimento mensais isentas de imposto de renda e apreciação do patrimônio no longo prazo.

 

Suas principais características encontram-se abaixo:

 

Nome do Fundo Pátria Edifícios Corporativos Fundo de Investimento Imobiliário – FII
CNPJ 30.048.651/0001-12
Código ISIN BRPATCCTF002
Código de Negociação PATC11
Tipo e Prazo do Fundo Condomínio fechado, com prazo indeterminado.
Tipo ANBIMA FII Renda/Gestão Ativa – Segmento de Atuação: Lajes Corporativas
Gestora do Fundo Pátria Investimentos Ltda.
Administradora do Fundo Modal Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.
Escriturador/Custodiante Banco Modal S.A.
Formador de Mercado XP Investimentos Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A.
Número de Cotas 1.502.052
Taxa de Administração O Administrador receberá remuneração, fixa e anual, conforme percentuais constantes da tabela abaixo, incidente sobre o valor de mercado da somatória das Cotas do Fundo a partir do momento em que as Cotas do Fundo possuírem valor de mercado atribuído pela negociação de suas Cotas na B3, observado que será devido o valor mínimo mensal de R$ 125.000,00 (cento e vinte e cinco mil reais).

 

Valor de Mercado das Cotas de Emissão do Fundo Percentual da Taxa de Administração (ao ano)
Até R$ 300.000.000,00 1,175%
Acima de R$ 300.000.000,00 e até R$ 600.000.000,00 1,165%
Acima de R$ 600.000.000,00 1,150%

A Taxa de Administração compreende, além da remuneração devida ao Administrador e ao Gestor e Consultor Especializado, os serviços de controladoria, custódia e escrituração das Cotas. Adicionalmente, o Gestor e Consultor Especializado decidiram, por mera liberalidade, não receber temporariamente parcela da taxa de administração à qual fazem jus em razão da prestação de serviços de gestão da carteira do Fundo e de consultoria especializada do Fundo, durante o período de 1 (um) ano contado da data de publicação do Anúncio de Encerramento, na proporção de 0,25% (vinte e cinco centésimos por cento) ao ano em relação a cada uma das atividades, de modo que em tal período, a Taxa de Administração será reduzida em 0,50% (cinquenta centésimos por cento) ao ano. Ao término do referido período, a parcela da Taxa de Administração a que o Gestor e o Consultor Especializado fazem jus voltará a ser cobrada pelo seu valor originalmente estabelecido.

Remuneração do Gestor A Taxa de Administração compreende a remuneração devida ao Gestor.
Distribuição de Resultados O Administrador distribuirá aos Cotistas, independentemente da realização de Assembleia Geral, no mínimo, 95% (noventa e cinco por cento) dos lucros auferidos pelo Fundo, apurados segundo o regime de caixa, com base em balanço ou balancete semestral encerrado em 30 de junho e 31 de dezembro de cada ano.

 

Os lucros auferidos serão distribuídos aos Cotistas e pagos mensalmente, sempre no 6º (sexto) Dia Útil do mês subsequente ao do recebimento dos recursos pelo Fundo, a título de antecipação dos rendimentos do semestre a serem distribuídos, sendo que eventual saldo de resultado não distribuído como antecipação será pago no prazo máximo de 10 (dez) Dias Úteis após o encerramento dos respectivos semestres, podendo referido saldo ter outra destinação dada pela Assembleia Geral, com base em eventual proposta e justificativa apresentada pelo Gestor.